Já frequenta um pequeno grupo?

Foto de um pequeno grupo.

Quarta-feira (21/05) foi mais um dia de nosso pequeno grupo. Não consigo descrever o quanto é maravilhoso estarmos juntos com o propósito de estudar a Palavra, darmos testemunho, louvarmos, orarmos e ainda termos comunhão… E você? Já frequenta um pequeno grupo – pessoas que se reúnem em um grupo pequeno (para facilitar a comunhão e a participação), em dia e horário que não coincidem com os cultos regulares da igreja? Isso nos aproxima uns dos outros, dá a oportunidade de partilharmos nossas experiências da vida, da semana, nossos pedidos de oração.

O fato das pessoas esperarem que tudo isso aconteça simplesmente porque vão à igreja aos domingos faz com que muitos se tornem céticos em relação à comunhão verdadeira, principalmente quanto maior for a igreja. Daí muitas críticas aos pastores e irmãos, pois consideram que estes não lhes dão a devida atenção. É bem verdade que há, sim, pessoas que se fecham em “panelas”, há pastores que são presentes na vida de uns “escolhidos”, esquecendo-se dos mais simples, tímidos ou novatos, que também são suas ovelhas… Mas quando nosso foco está nas pessoas e suas falhas, no que esperamos delas e nas prováveis decepções, abrimos um grande espaço para a depressão, desilusão, amargura, e é claro que o Inimigo de nossas almas saberá se aproveitar muito bem de tudo isso. O resultado é que muitos se afastam, se fecham em suas mágoas e justificativas (muitas vezes, corretas, mas nem por isso bíblicas…)

Montagem - fotos pequeno grupo.

Portanto, procure um grupo já estabelecido ou procure formar um novo, sempre com a intenção sincera, honesta e pura de glorificar o nome do Senhor Jesus, sem permitir que fofocas, maledicência, desleixo e falta de compromisso contaminem você e/ou seu pequeno grupo. Lembrando que o alvo deve ser estudar a Palavra, porque ela é viva e eficaz, mais cortante que uma espada de dois gumes, apta a discernir nossos pensamentos e intenções, conforme Hebreus 4.12.

Comece, reserve o dia do seu encontro como algo essencial para você, pois certamente surgirão lutas, imprevistos que tentarão impedi-lo de freqüentar e saborear a maravilhosa bênção do estudo da Palavra em grupos pequenos. Não esquecer que o lar que recebe os irmãos é abençoado, mas também terá de ter um compromisso assumido com seriedade com seus integrantes.

Montagem - fotos pg.

A casa que hospeda nosso pequeno grupo é um exemplo desse zelo, amor e alegria na obra do Senhor. Assim como a oração é descrita na Palavra como algo a ser feito individualmente e entre os crentes, o estudo da Palavra e o louvor têm a mesma base bíblica. Compartilhar o que aprendemos na leitura bíblica durante a semana e aos domingos, sozinhos e junto com nossos irmãos em Cristo, certamente nos trará uma visão ampliada do Reino e de nós mesmos.

Foto de um pequeno grupo.

Anúncios

There are 10 comments

  1. Pr. Everdam

    Como é bom ler comentarios como esses, pois eles são motivadores para a comunidade de cristo. Deixo para vocês a oração de Jesus em João 17 ” Pai que eles sejam um como eu e o Senhor somos um, para que o mundo creia que tu me enviaste”. Se vocês como grupo pequeno aprenderem a ser um como nosso Deus trino é um, o mundo se entregará para Jesus. Deus continue a transformar vocês.
    Abraços.

    Curtir

  2. claudia alves

    muito interessante este comentario de carla, é verdade q muitos pastores dão atenção a uns e outros não, é triste mas é a realidade, olho na minha igreja e vejo o potencial de cada irmão e sei que eles são capazes de fazer algo, mas não tem oportunidade, por causa desse detalhe: a falta de atenção. entende. Sou líder de pequeno grupo e procuro colocar tarefas pra todos pq sei que Deus capacita a todos que Ele escohe e chama. Então, valorize o seu pequeno grupo, seja assíduo, comprometido verdadeiramente, pois foi num pequeno grupo que tudo começou e hoje são milhões. Não desanime diante dos obstáculos, das barreiras. Pois Jesus e seu pequeno grupo de doze fizeram muita, mas muita diferença. O resultado de tudo: somos nós, seus servos. um abraço e mais EU AMO O MEU SENHOR E AMO MEU GRUPO.

    Curtir

  3. Eliciano R.S.

    Excelente texto! Mostra onde está a importância dos pequenos grupos.

    Dentre todo o texto, uma parte me chamou a atenção pela clareza em explicar como ocorrem certos problemas dentro das igrejas.

    Vou transcrever esse trecho: “O fato das pessoas esperarem que tudo isso aconteça simplesmente porque vão à igreja aos domingos faz com que muitos se tornem céticos em relação à comunhão verdadeira, principalmente quanto maior for a igreja. Daí muitas críticas aos pastores e irmãos, pois consideram que estes não lhes dão a devida atenção. É bem verdade que há, sim, pessoas que se fecham em “panelas”, há pastores que são presentes na vida de uns “escolhidos”, esquecendo-se dos mais simples, tímidos ou novatos, que também são suas ovelhas… Mas quando nosso foco está nas pessoas e suas falhas, no que esperamos delas e nas prováveis decepções, abrimos um grande espaço para a depressão, desilusão, amargura, e é claro que o Inimigo de nossas almas saberá se aproveitar muito bem de tudo isso. O resultado é que muitos se afastam, se fecham em suas mágoas e justificativas (muitas vezes, corretas, mas nem por isso bíblicas…).”

    Esse final é de arrepiar: “O resultado é que muitos se afastam, se fecham em suas mágoas e justificativas (muitas vezes, corretas, mas nem por isso bíblicas…).”

    Glória a Deus, Carla! Muito humano e realista.

    Curtir

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s