Eu vou passar pela cruz

 
EU VOU PASSAR PELA CRUZ

PG

Não quero ir por atalhos

Quero seguir o caminho que

Tu preparastes pra mim, Senhor.

Quero agradar o Teu coração

Te obedecer é sempre o melhor

Não quero ter Tuas bênçãos sem antes passar pela cruz.

Eu vou passar pela cruz

me quebrantar

Passar pela cruz e me arrepender

Passar pela cruz que ainda está manchada de sangue

Por tanto me amar.

Vou passar pela cruz e nela me ver

Vou passar pela cruz e erguer um altar

Onde a  oferta sou eu

Crucifico o meu eu

Te agradeço, oh Jesus.

Fui comprado na cruz

Gerado na cruz

Redimido na cruz

Restaurado na cruz.

Este hino de louvor ao Senhor representa a retrospectiva que, aqueles que crêem no sacrifício de Cristo na Cruz do Calvário, devem fazer sempre que lembrarem de manifestação de amor, sempre que pensarem que não há no mundo amor maior do que o daquele que deu o seu único e precioso filho para sofrer por uma humanidade injusta. JESUS, o filho de Deus, como ovelha muda, não abriu a boca, foi levado como um cordeiro ao matadouro, ao “Lugar da Caveira” (Mc 15:22). Se fez maldito para que um dia fôssemos chamados benditos do Pai. E não desistiu de uma morte de cruz para nos trazer vida, e vida em abundância, eterna.

O profeta Isaías, no capítulo 53 de seu livro, já falava sobre o acontecimento e narrava como seria a trajetória do sofrimento de Cristo. Naquela cruz, desprezado e o mais rejeitado entre os homens, tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores, foi transpassado e moído por nossas transgressões e iniquidades, foi posto entre os malfeitores. Dessa forma, o Servo, o Justo de Deus, justificou a muitos, porque as iniquidades deles levou sobre si.

É nesse caminho que o autor da música retrata desinteresse por seguir atalhos, se existe um único caminho para seu objetivo. Isso se torna ainda mais prazeroso para os filhos de Deus, uma vez que é visto como aquele preparado por Ele para aqueles que o amam.

Passar pela cruz pode significar relembrar o sacrifício de Cristo e os motivos pelos quais Ele assim o fez, bem como tudo que isso representa para aqueles que o compreendem. Deste modo, aos pés da cruz se transforma em um lugar de quebrantamento, de arrependimento, de entrega de oferta, de crucificação. Ver-se na cruz é concordar com a Palavra, quando fala que Jesus levou sobre si e para a cruz, tudo o que nos oprimia. E ainda, que o Cristo é a própria oferta de sacrifício do Deus vivo em oferecimento pela remissão dos nossos pecados.

O sacrifício do Justo de Deus na cruz representa entrega de vida a nós, novo nascimento, renovo, formação de novas criaturas, remissão e restauração de vida. O preço alto, preço de sangue, pago por Cristo na cruz, representa a libertação dos seus amados (I Cor. 7:23). Objetivo esse que atravessa os séculos, as raças, as doutrinas e as crenças. Jesus, em sua oração, falou a respeito dessas pessoas da seguinte forma: “Não oro somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra.” (João 17:20).

Passar pela cruz e esconder-se em sua sombra é pensar em amor sem medida. É lembrar que Jesus não negou pagar o preço de sangue em morte de cruz e nem se arrependeu do que fez, para que eu e você pudéssemos ter livre acesso à presença do Pai e pudéssemos ser chamados de filhos amados.

Anúncios

About Brunna Stella

Uma cristã que tem aprendido a viver uma aventura de cada vez, melhor dizendo, um dia de cada vez. Casada com Isaac Melo. Psicóloga, Analista do Comportamento, mestre em Educação Especial. Apaixonada por leituras diversas, pesquisas científicas e ama estudar.

There are 5 comments

  1. cristian

    que deus continue ministrando o seu amor por toda a terra e que seu sacrificio naum seja em vão para que no dia do juizo final nois possamos estar juntamente com o pai celestial na gloria. AMEM
    pq o amor de deus e assim e sempre maior do que todas as coisas que existem na face da terra e gloria a deus pro isso.

    Curtir

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s