Não Trabalhe para Deus

O título desse texto pode te deixar intrigado. Não? Curioso, pelo menos. Confesso que não é meu. Mas essa frase, “não trabalhe para Deus”, é comumente encontrada em livros de Discipulado. Às vezes literalmente, outras vezes, por indução.

O livro “Vida Discipular 1”, de Avery T. Willis, Jr., o primeiro de uma tetralogia, acredito eu, fez com que muitas pessoas ao se depararem com certos conceitos do livro entrassem num estado de crise. Dá até para dar um nome “científico” para essa crise. Eu a chamo de EDC-RM-TR, uma abreviação para ESTADO-DE-DÚVIDA-CRÔNICA-EM-RELAÇÃO-À-MOTIVAÇÃO-PARA-O-TRABALHO-NO-REINO. Tudo bem, torço mesmo para que o texto da página 46 desse livro tenha feito você parar para pensar. Assim diz o senhor Willis: “Deus não quer que você trabalhe para ele. Ele quer trabalhar por meio de você (grifo do próprio autor). A obra dele é realizada somente quando você lhe entrega sua vontade diariamente por meio do estudo bíblico, da oração e da meditação” (grifo do editor). Claro, claro, claro. Não é para você que estava pensando em se integrar em algum ministério desistir. A questão aqui é entender a prioridade. No mesmo livro, na página 55 o autor diz: “Aprendi que a oração objetiva (tem por finalidade) me envolver nos propósitos de Deus em vez de eu envolvê-lo em meus planos”.

Quarenta dias de propósito. Pergunte a algum membro de igreja que implantou essa maratona de estudos o que aconteceu durante o processo e o que significa a frase “Quarenta dias de propósito”. Talvez você, assim como eu, não frequentou nenhuma igreja que estivesse trabalhando essa jornada, mas Henry T. Blackaby e Claude V. King, no livro de discipulado “Conhecendo Deus e fazendo sua vontade – Experiências com Deus” nos ensinam algo significativo sobre propósito, para nosso crescimento: “Para se ter uma vida centrada em Deus, você precisa orientá-la na direção dos propósitos de Deus, e não para a consecução dos seus próprios planos”. Eles não param por aí, continuam nos colocando em nosso devido lugar: “Você precisa buscar ver as coisas da perspectiva de Deus, e não de sua própria e distorcida perspectiva humana. Quando Deus começa a fazer algo no mundo, ele toma a iniciativa de vir a alguém. Por alguma razão divina, ele preferiu envolver o seu povo na execução de seus propósitos”.

Como disse antes, a questão aqui é entender a prioridade. É muito comum nas igrejas você ser encorajado a trabalhar em algum ministério. O fato de alguém “estar parado” é visto com maus olhos por muitos de nossos irmãos. “Talvez ele esteja se desviando”, “acho que deve ter sido disciplinado pelo pastor”, “não quer compromisso com nada”. Esses podem ser pensamentos muito mais comuns do que você pensa. “Virá a hora em que será necessário agir, mas não podemos esquecer o relacionamento. O relacionamento com Deus deve vir primeiro“, nos informa os autores do “Conhecendo Deus e fazendo sua vontade”, Henry T. Blackaby e Claude V. King.

Jeremias 18. 1-6 é um texto bíblico forte que nos traz algumas informações. Num primeiro momento, percebemos a intimidade do profeta com Deus. Sabe o que acontece nesse episódio? Nada menos do que uma aula prática dada pelo próprio Deus! Já pensou na honra? Vamos ao texto: “A palavra que veio do Senhor a Jeremias, dizendo: Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras”.

“Desci, pois, à casa do oleiro, e eis que ele estava ocupado com a sua obra sobre as rodas. Como o vaso, que ele fazia de barro, se estragou na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme pareceu bem aos seus olhos fazer”.

“Então veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o Senhor. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel“.

Espetacular! Tremenda mensagem prática a Jeremias e a todos nós! Reflita um pouco na última parte do versículo. Sentiu o arrepio? Esse texto deixa claras as prioridades que devemos seguir segundo o próprio Deus.

(Continua…)

Anúncios

About Francisco Eliciano

Francisco Eliciano é graduado em Administração de Empresas. É membro de Igreja Batista em Teresina-PI. Dá muito valor ao estudo bíblico. Sobretudo, ele é servo de Jesus Cristo. Escreve no Infosol desde 2008 juntamente com uma galera fantástica. Também colabora com o 'Ideias que Conecatm' uma página no facebook (facebook.com/iqconectam).

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s