Entenda porque é necessário estudar a Bíblia

Veja se você se identifica com esta situação: prova no dia seguinte e ainda muito que estudar. Daí, o que você faz? Tenta devorar todo o conteúdo atrasado. Parte pra cima das anotações, livros, internet e tudo o que puder ser útil pra te livrar daquele zero.

Numa situação dessas dificilmente dá pra se estudar tudo o que deveria.

Mas, suponhamos que você conseguiu absorver conteúdo suficiente pra tirar uma nota razoável, certo? Sim, e isso é natural. Seu instinto de sobrevivência agiu. Sobre isso vale a pena ler um post que publiquei outro dia aqui, tratando da nossa pressa de cada dia.

Contudo, após alguns dias, você percebe que não lembra mais de nada ou quase nada de tudo aquilo que estudou. E isso também é natural.

A razão do esquecimento é que aquele grande volume de informações empurrado goela a baixo não foi apropriado pelo seu cérebro, ou seja, não houve assimilação do conteúdo e ele não foi incorporado aos seus conhecimentos.

Assimilar

Para sedimentar informações é necessário tempo debruçado sobre o assunto. Ler, reler e refletir sobre o que se está lendo é a única forma de aprender e se apropriar do conteúdo.

Do mesmo modo, para se absorver princípios cristãos para a vida diária é indispensável meditar na Bíblia e não só dar aquela lidazinha rápida antes de dormir.

A Meditação

Pelo dicionário Houaiss, meditar consiste em “estudar o pensamento, a maneira, o aspecto, o conteúdo de; pensar sobre; ponderar”. Também diz que é “preparar alguma coisa amadurecendo-a longamente” e “pensar longamente sobre (ou em); refletir.

Dá pra ver, então, que meditar exige um pouco mais de esforço do que a simples leitura.

Machado de Assis, num trecho de seu livro A Mão e a Luva, no capítulo II, diz assim:

“Tinha leitura de uma e outra cousa, mas leitura veloz e à flor das páginas. Estêvão não compreenderia nunca este axioma de lorde Macaulay – que mais aproveita digerir uma lauda que devorar um volume. Não digeria nada; e daí vinha o seu nenhum apego às ciências que estudara”.

Mais vale um livro da Bíblia digerido durante o ano todo do que apenas a simples leitura de todos os livros. Esta é uma realidade que as igrejas têm desprezado.

Claro que é muito válida a leitura, mas a meditação (o estudo) é fundamental para se apegar – como diz Machado de Assis – aos princípios que nos legou Jesus por meio das Escrituras. Além disso, é uma maneira de se proteger de falsas doutrinas!

Olha aqui o Salmo 1, versículo 2:

“Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.”

Diante disso, é útil que tenhamos momentos de leitura e, também, de estudo. É preciso ter em mente que se deve esquecer a pressa na hora da meditação e se aprofundar, mesmo que seja num só capítulo ou num só versículo.

Em breve postarei um estudo rápido e prático sobre como meditar na Bíblia. [Obs: o post já foi publicado: clique aqui]

Anúncios

About Francisco Eliciano

Francisco Eliciano é graduado em Administração de Empresas. É membro de Igreja Batista em Teresina-PI. Dá muito valor ao estudo bíblico. Sobretudo, ele é servo de Jesus Cristo. Escreve no Infosol desde 2008 juntamente com uma galera fantástica. Também colabora com o 'Ideias que Conecatm' uma página no facebook (facebook.com/iqconectam).

There are 16 comments

  1. Andreia Rubim

    Em certos momentos da vida, nunca senti tanta necessidade de aprender a ler e refletir sobre as necessidades da vida!!! Tantos os estudos bíblicos e os estudos para a formação profissional, são de muita importância, e aprender, não importa em que estágio da vida estamos, é essencial em todo momento!

    Curtir

    1. Eliciano R.S.

      Olá Andreia!

      Obrigado pela visita.

      Então, espero que o Infosol seja útil pra seus estudos bíblicos e, também, estimule o desejo de aprender mais e mais.

      Por favor, esteja a vontade pra sugerir, opinar ou apenas entrar em contato, ok?

      Sempre a disposição.

      Abraço.

      Curtir

  2. Brunna

    Realmente é importante meditar no que se lê: assimila, reforça o aprendizado, reflete na vida, se une a Deus.
    Esta semana eu pensava sobre isso quando comecei a ler a carta de Paulo aos Romanos. Eu dizia comigo: “Como um cara instruído aos pés de Gamaliel, zeloso com a lei e com Deus argumentava tudo aquilo com os judeus e até mesmo se identificou como profeta dos gentios?” A minha resposta foi sempre: “ele meditou muito, sobretudo, depois de seu encontro com Cristo” e provavelmente reviu muitos conceitos.

    Parabéns pelo post!

    Curtir

  3. André

    Lembrei aqui das maratonas de leitura bíblica que todo ano têm nas igrejas. Tem gente q parece q tá numa corrida pra ver quem se livra da carga primeiro. O foco, como diz aí, deve ser no aprendizado!!

    Curtir

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s