Os Miseráveis, uma história de amor e perdão

O Poder Subversivo do Amor

O amor e o perdão do bispo atingem em cheio a alma de Jean. Creio que seriam poucos – isto é, se houvesse alguns – cristãos que teriam feito o mesmo que fez o bispo. Ele pôs em prática o que aprendemos com o exemplo de Jesus. Com isso não quero dizer que devemos ser coniventes com os bandidos e seus crimes, mas sim ajudar ao próximo, quando o vemos em sua necessidade. O bispo correu sério risco de não ter sua boa ação surtido efeito, mas ainda assim preferiu pagar com o bem, o mal que lhe foi feito.

Tocado pela boa ação do bispo, o ex-presidiário promete que investirá toda a riqueza recebida do bispo para ser honesto. Jean Valjean então desaparece e assume o nome de Madeleine, um rico, bondoso e próspero empresário, que vem também a se tornar autoridade na cidade em que mora.

Certa vez, Madeleine, ao ajudar um aldeão preso em uma carroça, usando de sua força, é reconhecido por Javert, chefe da polícia da cidade, e que anteriormente havia sido seu carcereiro. Javert, sem perder tempo, denuncia o homem às autoridades.

Fantine e sua filha Cosette
Montagem 3 - Os Miseráveis - Post

Da esquerda p/ direita: Fantine e sua filha Cosette em dois momentos no filme.

Ao mesmo tempo somos introduzidos à Fantine, uma jovem mãe solteira, que trabalha duro para sustentar sua filha Cosette, que neste momento está sob os cuidados de um estalajadeiro e sua esposa, ambos corruptos e cruéis.

Fantine acaba por perder o emprego e teve de recorrer ao submundo, prostituindo-se. Certa vez é atacada com ofensas e alvejada com neve nas costas. Ela decide reagir, e ao ver a reação, Javert decide prendê-la. Mas mesmo implorando para ser libertada para que possa sustentar Cosette, é condenada a seis meses de prisão. Madeleine (que na verdade é Jean Valjean), ao descobrir que ela se encontra naquele estado miserável porque foi demitida de sua fábrica, e ele ainda não pôde dar atenção ao seu pedido de misericórdia, intervém em sua prisão e ordena que Javert a liberte. Ele ainda promete ajudar a sustentar Cosette.

Atos de um Coração Transformado pelo Perdão

Pouco tempo depois Javert assume a Madeleine que o havia confundido com Jean Valjean, e por causa disso o havia denunciado. Mas sabia estar errado, pois outro homem havia sido encontrado e confirmado como sendo o desaparecido ex-detento Jean Valjean, e estava prestes a ser condenado à prisão.

Neste ponto veremos mais uma vez uma virtude que todas as pessoas deveriam ter, e obrigatoriamente os cristãos. Madeleine poderia se beneficiar e deixar o indivíduo desconhecido a ele parar na cadeia e desfrutar de liberdade e prestígio para o resto de sua vida. Mas ele decide que assim como foi alvo de misericórdia, assim deveria também agir. E indo ao tribunal apelou para que não condenassem o homem, pois ele é que era de fato Jean Valjean.

Ele salvou uma vida, mas sentenciou a si mesmo.

Sabendo que seu único crime havia sido o seu desaparecimento, preferiu fugir a se entregar. Sabendo da morte de Fantine, Jean Valjean corre para Cosette e a toma por sua própria filha, e com ela foge, sempre com Javert a persegui-lo.

O tempo passa, e Cosette, que antes era uma criança se torna uma linda moça. Valjean e ela continuam vivendo sempre sabendo que a qualquer momento precisarão fugir. Mas Cosette acaba conhecendo um rapaz que a faz querer parar de fugir. Este rapaz está envolvido com um grupo de outros jovens que são militantes e planejam uma revolta armada.

A revolta tem início e não acontece como o planejado, mas ainda assim os jovens decidem seguir adiante com o que já começaram. Jean Valjean acaba por se ver envolvido, pois intentava salvar o rapaz pela qual Cosette estava apaixonada.

Continua página três

Anúncios

About Evandro J.R. Silva

É Doutorando em Ciência da Computação. Convertido desde os 6 anos de idade, a partir dos 15 anos começou a ler e estudar a Bíblia autodidaticamente. É membro de uma Igreja Batista. Gosta bastante de jogos eletrônicos e de ler, principalmente sobre apologética e literatura fantástica. Tem como gosto musical preferido o metal sinfônico.

There are 14 comments

Deixe uma resposta para Paixão de Cristo: Quando o essencial é visível aos olhos | Infosol Cancel

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s