Hereges Classificados

Hereges Classificados - Lobo branco - White Wolf Snarling ca. 1990's

(Imagem: Corbis)

Em virtude do ensino displicente e outros fatores, muitos hereges em estágio inicial são criados e permanecem aí mesmo.

Consideremos herege a pessoa que produz e dissemina ideias aparentemente cristãs não sustentadas pela Bíblia. Tal condição surge pelo não conhecimento ou o conhecimento precário das Escrituras Sagradas.

Por exemplo, o estágio inicial de conhecimento do que é o Reino de Deus, sua vontade e seu amor não costuma ser bem claro no começo de uma jornada cristã. Alguns seguem em busca de conhecer mais, mas outros se contentam com o sermão do domingo à noite na igreja.

Em estágio inicial, assim como os parasitas, os hereges são inofensivos – em sua maior parte – porém, se permanecem sem crescer em conhecimento e intimidade com Deus, eles crescem em capacidade de destruição e passam para classes mais sofisticadas, sendo aí capazes de fazer estragos em larga escala.

Considerando esta dinâmica, onde interagem todos nós que nos denominamos cristãos, extrairemos a classificação dos dois principais tipos de hereges.

Podemos distinguir duas categorias onde facilmente podem ser classificadas todas as pessoas que usam a Bíblia de maneira distorcida e descontextualizada para a consecução dos seus próprios interesses: os Hereges Superiores e os Hereges Subalternos.

Hereges Superiores (HS)

Os Hereges Superiores (HS), por sua vez, se subdividem em dois tipos:

  1. Profissionais de Alta Performance.
  2. Profissionais Comuns.

De forma genérica, os HS, de ambos os tipos, são as pessoas que criam as heresias. Elas desenvolvem doutrinas bem amarradas – ou não – que, em certos casos, se olhadas rapidamente, podem até mesmo passar despercebidas.

Quando as heresias chegam a esse ponto – de passarem despercebidas – é porque foram muito bem construídas e fundamentadas. Nestes casos, estamos lidando com os Profissionais de Alta Performance.

Nos demais casos, quando se vê doutrinas toscas, esdrúxulas e muitas vezes fantasiosas (do tipo filmes de ficção), ou apenas variações superficiais da sã doutrina, estamos lidando com os Profissionais Comuns.

O mais curioso é que na maioria das vezes uma mesma igreja comporta ao mesmo tempo esses dois tipos de Hereges Superiores. Eles convivem bem. Na verdade eles se completam. Para que uma igreja prospere rapidamente, lote todas as reuniões e comece a arrecadar dinheiro suficiente para expandir sua rede de franquias denominação, precisa, necessariamente, desses dois tipos de profissionais atuando ao mesmo tempo.

São casos em que se quer ampliar uma rede de igrejas-franquia forma universal, que tenha um impacto mundial e um alcance internacional, mas sem perder a Visão; sempre se lembrando de que o mundo caminha para uma unidade, em que um dia o G20 já foi G30 e mais à frente pode se tornar G12; e, por fim, jamais deixe de dizer que Deus é amor, e que também é paz e vida.

Os HS se alimentam da preguiça do povo em examinar a Bíblia por si mesmos. Eles precisam que as pessoas realmente deem mais valor à sua pregação do que à Palavra Sagrada revelada por Deus. Então, estudar a Bíblia pode ser um problema sério, além disso, pra que ler a Bíblia se você pode receber uma revelação personalizada em todos os cultos?

Hereges Subalternos (HSub)

Os Hereges Subalternos são a base que sustenta os Superiores. Para que haja equilíbrio nessa cadeia produtiva os Subalternos têm de ser a maioria, e sobrando. As igrejas-franquias jamais prosperariam se houvesse mais Superiores que Subalternos. Haveria um desequilíbrio na cadeia alimentar.

A razão de ser da Teologia da Prosperidade, por exemplo, são as disponibilidades financeiras de seus fiéis. As igrejas da prosperidade não precisam nem tanto de fiéis, basta um envio fiel de depósitos em conta corrente ou por qualquer outro meio, e são os subalternos que fazem isso.

Os Subalternos são pessoas muito interessantes. Elas procuram deliberadamente alguém em que possam ver algum tipo de autoridade e manifestação externa de poder. Até porque manifestação interna de poder não interessa a ninguém.

O interesse por um Líder poderoso e com autoridade vem de sua preguiça em buscar conhecer o que está escrito na Bíblia. Elas querem as coisas fáceis, bem mastigadas. Quando problemas apertam elas podem recorrer a orações poderosas do Líder sem ter de se preocupar em conhecer que Deus é esse que salva, que cura, que liberta, que dá vida e esperança. Não! Salvação? Não precisa complicar. Bastar resolver o problema, ainda mais se for por R$ 50,00, 100, 500. Começa a incomodar quando ultrapassa 1.000, chega a 10.000 ou sua própria casa. Mas esses são casos mais raros.

Além disso, tem o fator relacionamento. Os Superiores geralmente são pessoas carismáticas e conseguem estabelecer laços de amizades com facilidade. É por aí que conseguem arrebanhar até mesmo aqueles que leem a Bíblia, mas fazem de conta que não estão vendo os descalabros na frente da sua testa. A amizade, o companheirismo, a cumplicidade: estas coisas fazem toda a diferença.

Um aspecto externo a tudo isso, mas que ajuda a sustentar esse mercado é a péssima qualidade dos serviços de saúde, de forma direta, e dos serviços educacionais, de forma indireta. Até já tratamos desse aspecto aqui.

Por fim, essa cadeia de interesses baseados na religião se autossustenta quando, de um lado, os líderes atraem muita gente, e de outro, os subalternos dependem dessa multidão pra vender livros, CD´s e DVD’s: Sucesso garantido!

Anúncios

About Francisco Eliciano

Francisco Eliciano é graduado em Administração de Empresas. É membro de Igreja Batista em Teresina-PI. Dá muito valor ao estudo bíblico. Sobretudo, ele é servo de Jesus Cristo. Escreve no Infosol desde 2008 juntamente com uma galera fantástica. Também colabora com o 'Ideias que Conecatm' uma página no facebook (facebook.com/iqconectam).

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s