Desigrejados: Do Bando ao voo Solo

A Natureza revela todo o zelo do Senhor para com a Criação! Mesmo antes de Newton propor a manifestação do poder de Deus por meio das leis da Física, a natureza já dava inquestionáveis evidências da mão poderosa do Criador em suas mais tênues matizes.

Reforçando o provérbio inglês “Birds of a feather flock together” (Pássaros da mesma plumagem voam juntos) o voo das aves é um artifício da Natureza contra si mesma! Quem lidera o voo é a ave mais experiente do grupo que quando se cansa reveza o fronte com a que está imediatamente atrás dela. Voar em bando diminui o atrito do bando com o ar, o que significa menor gasto energético das aves e maior longevidade.

Mas que motivos fariam uma ave se afastar do Bando e decidir pagar o preço do risco de um voo solo? A resposta talvez não seja tão óbvia! Nem no contexto da Natureza e muito menos no contexto de nossa presente metáfora.

Podemos substituir as Aves em voo solo pelos chamados “Desigrejados”. Pessoas que não perderam fé nos céus e no vento que lhe dá sustentação, mas que em suas viagens migratórias se desencantaram com a vida em meio ao bando, ou seja, a Igreja! Não falamos aqui da Igreja enquanto o corpo Invisível de Cristo, mas das comunidades congregacionais, locais, em suas reuniões coletivas periódicas.

Apontar causas para tais fenômenos não é tarefa fácil. A atuação de grupos denominacionais que agem de má-fé, o distanciamento dos propósitos eclesiásticos, os conflitos pessoais, o mau testemunho dos congregados, a liderança tirânica de Pastores e Líderes, a influência dos pregadores da TV ou da Internet, são alguns dos vários motivos que poderíamos apontar.

Nesse contexto, podemos levantar algumas questões que servirão de norteadoras para a nossa reflexão.

O que é a Igreja?

Em resumo, igreja é uma Assembleia, não limitada a Prédios! A igreja não é nenhum tipo de instituição ou objeto impessoal. É um corpo constituído de componentes vivos. Como um organismo vivo, a igreja pode sentir medo (Atos 5:11), pode orar (Atos 12:5) e pode falar (Mateus 18:17). Porém, a Igreja desde seu nascedouro esteve reunida em lugares fechados para as suas celebrações como nos revela o Livro de Atos dos Apóstolos, bem como esteve reunida nos lares dos primeiros cristãos. Logo, concluímos que a Igreja se manifesta de diferentes formas, e nenhuma delas era vista como mais importante que a outra.

Continua página dois

Anúncios

About Junior Soares

Júnior Soares é Licenciado em História, professor da Rede privada de ensino atuando do ensino fundamental ao ensino superior. Como músico tem atuado no cenário evangélico desde os 13 anos e é atualmente membro da Igreja Batista da Tabuleta. Um admirador do Protestantismo Histórico Reformado, em especial, do Calvinismo.

There is one comment

  1. maria

    Amado irmão desculpe mas não concordo com estas postagens a igrejas existentes fazem delas um comércio onde o mais importante é ser contribuinte da mesma e levar seu dizímo e suas ofertas. igreja eclesiasticamente falando significa de dentro para fora sair evangelizando como os apóstolo faziam … hoje é ficar dentro e não vejo nenhuma ajudando o orfão e a viuva. Sei que não sou perfeita mas mesmo assim devo compactuar com o que é tao nitído a nossos olhos.., para andar em bando. Será que não devo seguir as palavras de Apocalipse 18:4 Sai dela povo meu……

    Curtir

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s