3 Razões que levam as hamsters comerem os próprios filhos

Vários donos de hamsters não entendem quando isto acontece. Na verdade, é um comportamento natural de uma hamster fêmea. As mamães hamsters pensam no bem geral de suas crias, fazendo de tudo para protegê-las. Para elas, alguns sacrifícios em nome da maioria são necessários. Usualmente, elas matam alguns filhos e os comem.

No entanto, esse instinto tem fundamento em razões sérias, que devem ser tratadas se possível. Podemos citar:

  1. Medo/ Estresse: para as fêmeas hamsters que são mães pela primeira vez, a gestação é algo novo e diferente, podendo proporcionar medo e insegurança. Esses sentimentos, quando demasiadamente grandes, podem levar ao estresse. Uma hamster estressada é capaz de matar seus bebês ao surgir qualquer pressão externa. Por isso, para evitar qualquer tragédia, deixe as mães hamsters a sós com sua ninhada. Abstenha-se também de tirar fotos e realizar muitos movimentos bruscos diante da gaiola. Geralmente essa situação dura uns 10 dias.
  2. Alimentação em decadência: como já foi dito, as hamsters fêmeas matam uma minoria para salvar a maioria. Quando não há comida ou água fresca o suficiente na gaiola, ela percebe que os recursos estão escassos e mata alguns de seus filhotes. É um instinto materno para proteger seus filhos da fome e desidratação.
  3. Reconhecimento a partir do cheiro: as mamães hamsters reconhecem seus filhotes através do olfato. Quando você encosta ou segura algum de seus bebês, sua fragrância fica acumulada na pele deles, gerando certa confusão na mãe hamster. Quando ela cheirar a ninhada poderá não reconhecer os próprios filhos ou achar que eles estão doentes. Consequência: ela os matará. Por isso, evite tocá-los quando bebês.

Resumindo: as hamsters fêmeas farão de tudo para proteger sua família, mesmo que isso signifique assassinar alguns de seus filhos. Este é o instinto das hamsters fêmeas.

Se você já passou ou está passando por uma situação parecida, não culpe seu animalzinho. A mamãe hamster tem os seus motivos inquestionáveis, que nós, humanos, não compreendemos. É da natureza destes animais. O que você pode fazer para minimizar essa situação é seguir as dicas oferecidas acima. Não deixe de amar sua hamster e acompanhe o crescimento dos filhotinhos.

Anúncios

About Lorena Bastos

Lorena Bastos é uma escritora profissional nascida em uma pequena cidade do interior de Minas Gerais, chamada Araxá. Com 20 anos, dedica-se totalmente a carreira, sempre em busca do aperfeiçoamento e crescimento. Escreve textos de vários estilos, como artigos de opinião, crônicas e editoriais. Esforçada e motivada, segue em frente, com fé em Deus. Acredita que a caminhada da vida será cada vez mais produtiva, e portanto, é feliz. Email para contato: lorenaax.bastos@hotmail.com

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s