Indignos e iludidos

Somos pecadores porém, de verdade, não reconhecemos isso.

Como assim? Quando cometemos um pecado do tipo “grave”, “feio” ou “absurdo”, tanto do nosso ponto de vista quanto para a sociedade, nos sentimos indignos de realizar algumas atividades que outrora fazíamos, como: pregar o evangelho, frequentar a igreja de cabeça erguida, falar sobre pecado, orar a Deus, participar ativamente de algum ministério – mesmo sem ser líder -, conversar com outros irmãos na fé sobre a obediência e sua importância, e, muito menos, exortar alguém sobre alguma transgressão, já que não “temos moral pra isso”.

Esta situação reflete a realidade que é a percepção que somos pecadores mas nem tanto assim, pois antes do tal pecado desempenhávamos muitas tarefas de maneira natural e nos sentíamos dignos delas, ou pelo menos não indignos suficientemente a ponto de não fazê-las.

Quando, infelizmente, caímos, também temos uma oportunidade de nos enxergar como somos de fato: indignos. Indignos de estar na presença de Deus; indignos de desempenharmos alguma atividade em Seu nome; indignos de nos apresentar perante a igreja como “capazes” de realizar com lisura total uma atividade ministerial. Se fazemos algo de bom é pela capacidade permitida por Jesus e, só por meio Dele, somos aceitos por Deus!

Então, a situação após o tal PECADO é como deveríamos nos ver no dia a dia. É por esta razão, qual seja, a de indignidade, foi que Jesus morreu por nós. Neste momento, seu sacrifício faz todo sentido. Mas quando estamos perante a sociedade como pessoas aptas – isto é, nos sentindo aptos – este sacrifício talvez não pareça algo assim tão necessário.

Pois também Cristo sofreu pelos pecados uma vez por todas, o justo pelos injustos, para conduzir-nos a Deus. Ele foi morto no corpo, mas vivificado pelo Espírito.

1 Pedro 3:18.

Anúncios

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s