Cair no Espírito não é do Espírito

“Meu povo foi destruído por falta de conhecimento”

As pessoas não buscam ler, e esperam que o pastor leia e interprete as escrituras para elas! Assim um pastor mal intencionado pode se aproveitar (como muitos têm feito) da falta de conhecimento do rebanho e distorcer as escrituras e aprisionar as ovelhas nas trevas, ao mesmo tempo em que as mesmas, experimentando apenas fortes emoções, pensam que estão muito próximas da luz, cheias da unção!

Benny Hinn: famoso por autoalegadas curas de diversas doenças. Fazia multidões cairem apenas esvoaçando seu tradicional terno branco.

Ora, qualquer que tenha lido a Palavra por completo há de concordar comigo de que o objetivo de Deus para nós é levantar-nos para a Sua glória e não derrubar-nos ao chão sem motivo aparente e sem produzir qualquer fruto palpável! Um deus que derruba por derrubar apenas para mostrar uma suposta glória que nem sequer é percebida pelos que não caem, não é Deus! Alguns ainda dizem que muitos caem doentes e levantam curados! Mas onde estão as provas? Na maioria das vezes as pessoas realmente curadas pelo poder de Deus foram curadas durante orações e nem precisaram se mexer! O que se vê muito nesse ‘cai cai’ é apenas um grupo caindo e ficando em estado de semiconsciência, em transe! Nada acontece além disso! As pessoas apenas ‘experimentam’ o sentir o poder de Deus! Mas do jeito que caem, levantam sem mudarem em nada, o que leva a crer que o poder que os derruba não vem de Deus!

Muita gente que participa desse movimento vai discordar do que eu disse no parágrafo acima, então vamos para os exemplos bíblicos! Apresentarei dois: Daniel e João.

O exemplo de Daniel

No capítulo 8 de Daniel, ele fala de uma visão que teve, mas não entendia, até que viu alguém na margem oposta do rio em que ele estava e dizia para o anjo Gabriel dizer-lhe o que significava a visão. Quando o anjo Gabriel aproximou-se, Daniel caiu com rosto em terra, amedrontado, e quando o anjo falou, ele caiu por completo e ficou como adormecido. Vemos que até aqui, é uma descrição semelhante ao que acontece no movimento do cair no Espírito! Observe o que acontece logo após Daniel ficar semiconsciente: “porém, me tocou, e me fez estar em pé.” (Daniel 8.18b). O anjo não deixou Daniel na semiconsciência! Assim que o viu estirado, o fez se levantar!

Outro detalhe importante é que realmente havia a presença divina! Havia um anjo enviado por Deus e Daniel o via e o ouvia diretamente! Ele não estava ali induzido pelas emoções compartilhadas por uma multidão, nem induzido por um pastor!

No capítulo 10 de Daniel, vemos então o que acontece a um grupo maior de pessoas quando há uma manifestação divina! Quando Daniel viu um anjo, estando ele ainda distante, todos os demais que estavam com ele ficaram com medo e foram se esconder! Observe que ninguém os preparou para nada! Simplesmente todos eles sentiram a mesma coisa sem que nada os induzisse a isso!

Novamente Daniel cai, e pelo que ele relata, desta vez ele ficou inconsciente, e como da vez passada, ele caiu sobre o rosto. Mais outro detalha importante: quando caímos pelo poder de Deus, ou de um anjo, caímos para frente e não para trás, e nosso corpo não esboça nenhuma reação, senão desfalecer, diferentemente do que acontece a várias pessoas que ficam se contorcendo, rindo, pulando, chutando, batendo, etc.! E como da vez passada, novamente ele foi tocado para que se levantasse; primeiro sobre as mãos e joelhos, logo depois, obedecendo ao anjo, pôs-se em pé, ainda que temendo muito!

Logo mais a frente vemos que Daniel relata que perdeu as forças, mas o anjo o fortalece!

Continua página três

Anúncios

About Evandro J.R. Silva

É Doutorando em Ciência da Computação. Convertido desde os 6 anos de idade, a partir dos 15 anos começou a ler e estudar a Bíblia autodidaticamente. É membro de uma Igreja Batista. Gosta bastante de jogos eletrônicos e de ler, principalmente sobre apologética e literatura fantástica. Tem como gosto musical preferido o metal sinfônico.

There are 3 comments

  1. Robson

    A pergunta que cabe é pra que estar sempre caindo. Tudo bem que algo de sobrenatural aconteça isso não podemos dizer que não acontece. Acontece! Mas transformar algo espiritual numa prática de reunião pra medir o nível de presença divina não é nem um pouco divino.

    Curtir

    1. Evandro J.R. Silva

      Devo discordar, pois o post está fundamentado em várias passagens bíblicas que corroboram minha opinião, a qual está bem sintetizada na última página. Creio eu que o preconceito é acreditar que tal prática seja vinda de Deus antes mesmo de se aprender conceitos bíblicos.

      Curtir

Seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s