Sociedade

À procura da Honestidade

À procura da Honestidade

Nos últimos dias tenho procurado pela minha amiga Honestidade e tem sido difícil encontrá-la. Primeiro a procurei no meu ambiente profissional e me deparei com sua irmã, não muito amiga, a Desonestidade. Ela estava com funcionários públicos que diziam abertamente que tínhamos que meter a “faca” no Estado, porque neste lugar só tinha ladrão.

Confusão!

Confusão!

Política, religião, sexo, droga e rock’n roll, tudo junto e misturado, jogado de uma forma que mais parece um disparo de metralhadora onde todos são os alvos e atiradores ao mesmo tempo. Nunca vivemos uma guerra de paradigmas igual a esta. É como se o mundo estivesse desesperado, jogando na visão do tudo ou nada.

Carta aos aflitos de coração

Carta aos aflitos de coração

Ah! A dor! Quantas canções, poemas e novelas foram embalados por ela. É incrível como o drama ainda atrai nossa atenção, ainda que sejamos a sociedade dos anestésicos, dos placebos e antidepressivos. Mesmo que a dor ainda exerça um certo fascínio, estamos constantemente a combatê-la e se não conseguimos evita-la, tentamos retarda-la.